terça-feira, 17 de agosto de 2010

Meu Coração

O que passou, passou.
Nada mais importa, afinal estou junto a ti.
Eu me sinto vitorioso por ter alcançado as estrelas, e aqueles sonhos guardados á sete chaves tornaram-se realidade.
O que importa se é errado? é errado amar e ser amado? claro que não! dizem que é.
Eu prefiro continuar a escutar o meu coração e ser da maneira como sempre fui. não tenho medo, agora vejo tudo claro.
O meu coração precisa dos seus cuidados, da sua companhia, do toque.
Sinto como se ele batesse sincronizadamente com o seu, atrevo-me a compará-lo a um relógio, que conta as horas para te ver.

Um comentário:

sugestões, críticas, elogios, enfim, tudo.